edp news

Delfos é a grande vencedora do EDP Open Innovation

Quinta-feira 03, Novembro 2016

A equipa vencedora, Delfos, propõe-se a aumentar a produtividade e ciclo de vida das turbinas eólica

Delfos Predictivie Maintenance, startup brasileira de Fortaleza, foi a grande vencedora do premio EDP Open Innovation cuja final se realizou ontem, dia 2 de novembro no auditório da sede da EDP na 24 de julho. O EDP Open Innovation tem como objetivo apoiar o empreendedorismo tecnológico com foco em energia e nas suas múltiplas variantes incluindo big data, internet of things, machine learning, data analytics, tendo este ano alargado o seu universo de atuação para o Brasil e Espanha. Após a receção de mais de 250 candidaturas, as 15 startups finalistas apresentaram-se ontem em palco com um Pitch para tentar convencer o júri de que o seu projeto devia ser o grande vencedor.

A Delfos recebeu o prémio de 50.000€ para desenvolver a solução apresentada, que promete responder ao grande problema da energia eólica: como aumentar a produtividade e o ciclo de vida das turbinas sem aumentar os custos de operação e manutenção? A resposta passa por um sistema que monitoriza, estabelece padrões de análise e antecipa problemas em tempo real.

No pódio do empreendedorismo, juntam-se mais 2 startups que também irão receber 6 meses de incubação na EDP Starter e acesso garantido à Web Summit, onde vão expor os seus projetos no stand da EDP. São elas a, 2ª classificada, Glartek, que está a tornar o sistema industrial mais intuitivo através de uma solução digital que junta a Internet das Coisas à realidade aumentada, bastando para isso apontar um dispositivo móvel a uma dada máquina, para ver todos os dados e informações relevantes em tempo real e a 3ª classificada, Sunshine.Rocks que criou uma plataforma que permita às pessoas ligaram-se a nível local para partilharem condições energéticas e juntarem-se enquanto comunidade com o objetivo de ligar casas e negócios de bairro, criar um minimercado de energia e promover a educação ambiental.

Estas 3 startups vão-se juntar às 8 startups já confirmadas que foram selecionadas pela EDP de entre as 19 que estão atualmente na EDP Starter. São elas: Datasonar, Agroop, Ionseed, Egg Electronics, Pro-Drone, Isgreen, Blackblock e Optishower com negócios focados em big data, IoT, eficiência energética, energia solar, armazenamento e distribuição de energia. Estas startups estarão inseridas no programa ALPHA da Web Summit e terão direito a uma zona de exposição, mentoria, workshops, participação em mesas redondas e contato com investidores.


Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.