edp news
albufeira

EDP garante melhor avaliação de sempre na gestão climática

Quarta-feira 16, Dezembro 2020
Sustentabilidade

As boas práticas no combate às alterações climáticas e na gestão da água valeram à EDP a liderança nas avaliações da CDP, num ano recorde em participações. Foi a primeira vez em seis anos que conseguiu a nota máxima nas duas principais categorias.

A EDP obteve os melhores resultados de sempre na avaliação da CDP, uma entidade não governamental que classifica as empresas pelos seus contributos no combate às alterações climáticas. Entre as quase 10 mil companhias avaliadas, a EDP alcançou o nível mais elevado de desempenho – ‘Liderança’ (Leadership) – e a classificação máxima de A nas duas principais categorias: mudança climática e gestão da água. Foi a primeira vez que o conseguiu nestas duas vertentes.

A elétrica volta assim a destacar-se pelo sexto ano consecutivo entre as companhias globais com as melhores práticas na gestão de riscos e oportunidades ambientais – entre as empresas de energia, é também a portuguesa com o melhor desempenho. Para o inquérito sobre alterações climáticas (climate change), foram avaliadas 9.600 empresas, sendo a EDP uma das 270 nesta categoria e uma das 19 empresas de energia a conseguir a nota máxima. Já na categoria da gestão da água (water security), que avalia as empresas que mais reduziram os riscos e melhor geriram este recurso, a EDP é uma das quatro utilities que se distinguiram com o nível mais elevado.

A CDP – Disclosure, Insight, Action (anteriormente designado como Carbon Disclosure Project) é considerada a organização não-governamental de referência para investidores em matéria de alterações climáticas e gestão de impactes ambientais, e elege anualmente o grupo restrito de empresas e instituições com as melhores práticas nestas áreas. Para avaliar as suas boas práticas, a CDP considera critérios como as metas climáticas, reporte de atividade sustentável, gestão de riscos ambientais ou iniciativas de proteção do ambiente.

O compromisso com práticas sustentáveis e projetos que contribuem para a transição energética, em que a EDP aposta há mais de uma década, refletem-se uma vez mais nesta distinção. Uma estratégia que passa também por definir metas ambiciosas no combate às alterações climáticas, entre as quais se destacam a redução de emissões em 90% ate 2030 (face aos níveis de 2015) e a garantia de 90% de produção de origem renovável nos próximos dez anos, entre outros objetivos e medidas decisivas no atual momento de emergência climática.

“Liderar o processo de ação e transparência ambiental é um dos mais importantes passos que as empresas podem dar – e é ainda mais impressionante quando o fazem num ano tão desafiante como este pelo impacto da Covid-19”, comenta Paul Simpson, presidente executivo da CDP, na sua mensagem de felicitações às empresas distinguidas com a classificação de Leadership: A. “Os níveis de risco para as empresas gerados pelas mudanças climáticas, pela desflorestação e pela insegurança hídrica é enorme, mas também sabemos que as oportunidades superam em muito os riscos de inatividade. A liderança do setor privado irá decerto criar um ‘ciclo de ambição’ para uma maior ação governamental e garantir que as metas globais para uma economia sustentável se tornam realidade”, reforçou.

A lista completa de empresas classificadas com a nota máxima pode ser consultada no site da CDP.