EDP subscreve Carta de Princípios do BCSD Portugal

notícias edp

EDP subscreve Carta de Princípios do BCSD Portugal

Sexta-feira 16, Fevereiro 2018
Sustentabilidade

Documento assinado por mais de 30 empresas portuguesas, prevê linhas orientadoras para uma boa gestão empresarial

A EDP subscreveu a Carta de Princípios do BCSD Portugal, documento que estabelece os princípios que constituem as linhas orientadoras para uma boa gestão empresarial. A Carta de Princípios pretende criar um referencial voluntário adaptado a empresas de várias dimensões, de forma a encorajar a massificação de práticas de gestão sustentável baseada em seis princípios: (1) Conformidade legal & Conduta ética, (2) Direitos humanos, (3) Direitos laborais, (4) Prevenção, saúde e segurança, (5) Ambiente e (6) Gestão.

Ao subscrever a Carta de Princípios, a EDP reconhece que a gestão sustentável das empresas é um fator de competitividade. Simultaneamente a EDP está a convidar os seus fornecedores a subscreverem a Carta de Princípios, promovendo assim os princípios da gestão sustentável junto da sua cadeia de valor.

A Carta de Princípios do BCSD Portugal é inspirada na Declaração Universal dos Direitos Humanos, nos Princípios e Direitos Fundamentais no Trabalho da Organização Internacional do Trabalho e no Pacto Global das Nações Unidas. Vem também incentivar o relato de informação não-financeira por parte de empresas que ainda não são abrangidas diretamente pelo Decreto-Lei nº 89/2017 de 28 de julho referente à obrigatoriedade de divulgação anual de informação não-financeira e informação sobre diversidade por parte de certas grandes empresas.

Além da EDP , os 35 subscritores iniciais são: Águas de Portugal, Altri SGPS SA, Banco Comercial Português, S.A., Celoplás SA, Consulai, Corticeira Amorim SGPS SA, CP - Comboios de Portugal EPE, Crédito Agrícola, CUF – Consultadoria e Serviços, S.A., EDP- Energias de Portugal S.A., Efacec Power Solutions, SGPS, S.A., Eurogroup Consulting Portugal, Fidelidade – Companhia de Seguros, S.A., FUJITSU, Galp Energia, SGPS, S.A., Gestamp, Hovione, LIPOR – Serviço Intermunicipalizado de Gestão de Resíduos do Grande Porto, NOS COMUNICAÇÕES S.A., Prio Biocombustíveis, SA, Repsol, ROFF, Schneider Electric Portugal, Lda., SIMAS de Oeiras e Amadora, Sociedade Ponto Verde S.A., SOJA DE PORTUGAL, Solvay Portugal, Sonae, Sumol+ Compal, Super Bock Group, TECNOPLANO – Tecnologia e Planeamento, S.A., The Loyal Advisory Company, The Navigator Company, Trivalor SGPS SA, Viasat powered by BluSat.

Sobre o BCSD Portugal – Conselho Empresarial para o Desenvolvimento Sustentável

O BCSD Portugal – Conselho Empresarial para o Desenvolvimento Sustentável, de que a EDP é associada, agrega e representa empresas que se comprometem ativamente com a sustentabilidade e é um dos dinamizadores nacionais da transição para uma economia de baixo carbono, que valorize os ecossistemas e que seja geradora de bem-estar na sociedade. Através do desenvolvimento de projetos interempresas que estimulam o desenvolvimento sustentável, o BCSD é um ator influente e inspirador de novos modelos de negócio, competitivos, inovadores, responsáveis, sustentáveis e inclusivos. Ao intervir no desenvolvimento de políticas públicas, o BCSD fomenta a colaboração entre a comunidade empresarial, os decisores políticos e a sociedade civil. Com ampla representação setorial, o BCSD conta com mais de 90 empresas que dão emprego direto a mais de 270 mil pessoas. O volume de vendas dos associados não financeiros do BCSD representa 38% do PIB nacional, valor que se traduz em mais de 65 mil milhões de euros de volume de negócios e um VAB entre 6 a 8% do PIB.